A região


O Parque de Campismo de Fão situa-se na típica Vila de Fão, terra rodeada, a Norte e Nascente, pelas águas do Rio Cávado e, a poente, pelo oceano Atlântico. As extensas praias de areia fina, as dunas e a restinga , o pinhal, o Rio e o Mar, o passeio ribeirinho e a Ponte de ferro, as suas ruas e vielas, o bairrismo dos fangueiros, a sua hospitalidade, em suma, todo este maravilhoso e doce cenário que a natureza nos oferece, merece ser visitado. As Praias de Fão e Ofir e o Rio Cávado são locais ideais para a pesca desportiva, canoagem, surf, windsurfer, kit surf, moto-água e outros esportes náuticos.

Fão encontra-se numa zona de àrea de paisagem protegida, constituída por praias, dunas, estuário do Rio Cávado, restinga, pinhal de Fão, paisagens rurais e agrícolas e outros. A restinga possui longos passadiços que nos convidam a panorámicos passeios. Em termos de flora, a vegetação dunar é fundamental pelo seu papel decisivo na fixação das areias. A lampreia, a enguia, o robalo e a tainha são os peixes mais abundantes. De referir ainda os característicos moinhos de vento espalhados ao longo do areal da Apúlia/Fão assim como o Castro de S. Lourenço em Vlia Chã (Esposende). Fão é ideal para saudáveis passeios pedestres.

A Vila de Fão é bem conhecida pelos seus pratos gastronómicos. Muito perto do Parque existem vários e bons Restaurantes onde se pode saborear o delicioso arraz de marisco, a sapateira recheada, o polvo e diversos peixes (robalo, rodobalho, sardinha, lampreia, sável, bacalhau, etc). Pode também deleitar-se com os saborosos pratos de carne, tais como: Costelinha com arroz de tomate, feijoada, cozido á portuguesa, vitela assada, cabrito assado, etc.. Para diversão nocturna, entre outros, temos o Pacha, o Bib Ofir e o arraial minhoto da Quinta de Malafaia. A festa anual da cerveja, marisco e artesanato é um rico pretexto para termos na mesma mesa, o bom marisco e a cerveja. Este evento é realizado, normalmente, na segunda semana de Agosto. As célebres e deliciosas CLARINHAS, os FOLHADINHOS e outros saborosos doces regionais é motivo de atracção para os turistas. A conhecida romaria ao Senhor de Bom Jesus de Fão é celebrada todos os anos, em Abril, na segunda feira de pascoela.